quinta-feira, 4 de maio de 2017

Conhecendo os tipos de alisamentos

Olá meus amores!!
Hoje eu vim falar um pouquinho dos tipos de alisamento, para as meninas que assim como eu são adeptas a o uso de produtos químicos. 
Separei aqui os mais comuns, vamos conhecer?



1. ESCOVA PROGRESSIVA

Esse tipo de procedimento é aceito em todos os tipos de cabelos, alisa cabelos ondulados, já os crespos perdem o volume. Nesse tipo de procedimento seu principal ativo é o formol, porém hoje em dia encontramos vários outros ativos que danificam menos o cabelo como no caso o Ácido Glioxílico, já no caso do uso do formol o produto que for usado deverá ser atenciosamente analisado pelo profissional para que a quantidade de formol não seja maior que a quantidade aprovada pela Anvisa. Os efeitos dessa escova vão de dois a três meses, porém a cada aplicação o cabelo vai alisando mais e mais.

2.ESCOVA DEFINITIVA

A famosa guanidina ou a amônia, tem efeitos definitivos em cabelos ondulados, ou seja, na parte que foi aplicada o efeito de liso perdura para sempre, apenas com o corte em casos de arrependimento que você voltará aos fios naturais, eles duram em média de 2 a 3 meses se tratados bem, 


3. RELAXAMENTO

Assim como na escova os principais ativos são a guanidina e a amônia, porém aqui o que muda é o tipo do cabelo, que são os crespos. É uma opção para quem deseja soltar os cachos e reduzir o volume. Se você se incomodar com a raiz conforme o cabelo vai crescendo, é possível o retoque somente nessa região, no caso a depender do crescimento do seu cabelo isso ocorrerá também em torno de 2 a três meses. 


QUANDO ACONTECE O TEMIDO CORTE QUÍMICO? 
Acontece quando ocorre uma desestruturação na fibra capilar, ou seja, os fios ficam tão fracos que acabam quebrando e caindo. Muitas vezes acaba acontecendo no meio do processo ou após a lavagem.Ele pode ocorrer por alguns motivos: alisamentos em excesso, mechas ou luzes feitas com o cabelo fragilizado, erro na aplicação do produto, entre outros. Mas, um dos motivos mais comuns acontece por falta de conhecimento a respeito da incompatibilidade dos produtos. Por exemplo, se você fizer um relaxamento a base de Amônia e depois aplicar um produto à base de Hidróxido de Sódio, a probabilidade de seu cabelo quebrar e cair é MUITO grande!
Por isso a importância de sempre fazer o Teste da Mecha antes de realizar qualquer tipo de transformação capilar! Não esquecendo também de realizar o Teste de Toque, imprescindível para saber se existe alguma reação alérgica aos produtos.

CONHECENDO E COMPARANDO AS SUBSTÂNCIAS:
Formol: todo mundo já sabe que ele é um grande vilão para saúde, mas mesmo assim algumas pessoas ainda fazem o uso de alisamentos com essa substância. O Formol é considerado cancerígeno pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
Hidróxido de Guanidina, de Sódio ou Amônia: como vimos são usados em muitos procedimentos de alisamento, mas essas substâncias possuem um alto poder de ressecamento e também quando em contato com o couro cabeludo, podem ocasionar feridas.
 Tioglicolato de Amônia: é a substância de alisamento mais usada no Brasil. Os profissionais preferem trabalhar com o Tioglicolato pela segurança, tempo na aplicação e resultados, uma vez que os Hidróxidos, por exemplo a Guanidina, são muito mais agressivos e não te dão tempo hábil para a aplicação.
Enfim meus amores, espero que com esse post vocês tenham compreendido um pouco mais sobre procedimentos químicos e não cometerem nenhum tipo de erro que venha a atrapalhar o desenvolvimento ou a beleza dos seus fios, qualquer dúvida podem deixa aqui embaixo, sugestão de post também! Beijos e até a próxima





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo